quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Cinzas


Cinzas
Escrito por LunA Daimon


Venha para perto de mim
Transformar essa solidão em sorrisos
Preenchendo todo o vazio que ficou
Com todo carinho que preciso

Assopre junto ao vento
As tristes cinzas que restaram
Limpando de nossos corações
Os momentos ruins que passaram

Para um recomeço acolhedor
Que nossas lágrimas sejam feitas
Do mais puro amor
Que existe dentro de nós

Chegue mais perto
Abrace-me
Pois o tempo está passando
Nossa face está mudando
Logo nada mais será como um dia foi

Aproxime-se
Não estou em silêncio
Apenas meus pensamentos estão fixos
Em sua presença
Navegando por correnteza
De lembranças

Seja minha estrela
A iluminar minhas noites escuras
Seja meu cobertor
A aquecer-me nos dias frios
Seja meu amigo, meu amor minha vida
E não deixe-me mais me perder
Neste vazio infinito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário